The way everyone can enjoy it!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

The Mist


O filme baseado numa das obras do grande mestre do terror, que é provavelmente o mais conhecido e bem sucedido autor de terror do mundo, Stephen King. Apesar do filme ser baseado numa das obras de Stephen King, não o fez ser um super sucesso de bilheteiras mas mesmo assim teve o sucesso que mereceu. O filme tem tido uma reacção positiva quer no público em geral quer nos críticos mais especializados.
A história do filme relata o momento em que aparece um estranho nevoeiro, onde um grupo de pessoas que se barrica num supermercado, pois percebe que o nevoeiro é perigoso. A emoção começa quando esse grupo começa a entrar em pânico e deixam de ser racionais, criando conflitos entre eles, que os pode levar ao seu próprio fim.
Em primeiro, tenho que começar por dizer que o Stephen King é um dos meus autores preferidos e as obras dele (escritas) são fantásticas, que aconselho vivamente a lerem, principalmente antes de verem, os filmes e as séries, pois dá um maior conhecimento quer da história, quer de percepção se o filme está ou não bem feito. Dito isto, quando vi o filme pela a primeira vez, não tinha lido o livro e como provavelmente a maior parte das pessoas, fiquei chocado com o final do fim, aliás fiquei furioso a pensar que era o pior final de sempre, mas ao longo do tempo e quer com mais visualizações, quer lendo o livro, quer até com maior maturidade, percebi que o final não era mau, era de génio e que a ideia é chocar e ser diferente, o que foi bem conseguido. O filme demonstra o que muitas vezes falta aos filmes quer de terror, quer de thriller ou suspense, que é o mistério, o suspense e o efeito surpresa, em que na maior parte dos filmes ainda vamos no início e já sabemos mais ou menos como é que as coisas vão acontecer.

Rate: 7/10

terça-feira, 25 de novembro de 2014

The Last Exorcism


Provavelmente um dos melhores filmes de exorcismo dos últimos tempos, conseguido embaraçar filmes como Paranormal Activity por usar o seu famoso sistema de produção e do utilizar de uma maneira muito melhor. Em termos de bilheteiras teve um grande sucesso, ultrapassando em muito as expectativas que os próprios produtores tinham do filme, levando a uma sequela. O filme ganhou o prémio best horror da Empire Awards e foi nomeado para mais três prémios. As críticas têm sido positivas e muitos gostaram do filme, apesar de ter criado polémica quando saiu pelo o seu conteúdo religioso, mas principalmente pelo o seu poster de apresentação bastante agressivo, levando muitas pessoas principalmente em Inglaterra a fazer queixa.
O filme relata a história de um padre que não acredita em pessoas possuídas nem no exorcismo e decide fazer um documentário, mostrando exorcismos falsos para comprovar que tudo é ilusão. O filme ganha acção quando o padre vai a casa de alguém que lhe pede ajuda e se encontra com uma situação que ele próprio não consegue controlar, pondo em causa tudo em que acredita.
Eu gostei bastante deste filme apesar de quando se começa a ver e devido ao "bombardeamento" de filmes feitos desta maneira, que não são grande coisa, parte-se logo com alguma desconfiança na qualidade que pode ter, mas este filme consegue anular isso e criar um ambiente fantástico com qualidade que nos faz esquecer de pormenores tão técnicos. Este filme é dos melhores filmes do género dos últimos tempos, sendo obrigatório para quem gosta deste sub-género e que muitas vezes é mal interpretado, com exibições fracas das produções que cada vez mais tentam fazer muito com pouco.

Rate: 8/10 

sábado, 22 de novembro de 2014

Alien


Um dos melhores e com mais sucesso filme de terror do mundo, que mistura ficção-científica e terror no seu melhor, revolucionando a maneira de fazer cinema e principalmente terror. É difícil dizer todos os prémios que o Alien ganhou, pois, como já disse, é dos mais bem sucedidos filmes de terror de sempre, mas posso indicar os mais conhecidos, tais como, academy awards, british academy film awards, hugo awards, etc. Em termos de bilheteira, tal como é previsível, foi um grande sucesso, dos maiores de sempre do género, gerando sequelas, prequelas, spin-off, jogos, etc, tendo estrondosas críticas positivas ao longo do tempo.
O filme relata a história duma viagem espacial, onde a nave detecta um estranho sinal num planeta perto do local donde estão a passar. Acção intensifica-se quando a tripulação resolve investigar o sinal e vai até ao planeta onde estava a ser emitido o tal sinal, descobrindo que o planeta está povoado com seres terríficos, que os vai massacrar até à morte, gerando o terror por toda a tripulação.
Este é um dos meus filmes preferidos de sempre, pois tem terror, tem história e está muito bem construído, não cansando quem o vê mas sim, criando uma vontade de o ver mais vezes sem perder o interesse que desde da primeira vez nos fez o ver. Este é um clássico que ninguém deve perder pois, não só é um excelente filme, como também é um marco no cinema quer do género quer mesmo em termos gerais, dando um grande contributo para a qualidade do cinema de ficção, principalmente pelos seus efeitos visuais, que foram inovadores em 1979.

Rate: 10/10

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

The Quiet Ones


O filme supernatural britânico, produzido pelos mesmos que The Woman In Black e Let Me In, baseado em experiências parapsicológicas da década de 70 nos EUA e Canadá. O filme distribuído pela Lionsgate teve uma boa receita nos cinemas e em sistemas digitais, tendo um misto de críticas quer positivas quer negativas, mas sendo as mais visíveis e mais fundamentadas as negativas.
O filme relata o interesse de um grupo de estudantes em seguir uma experiência que um dos seus professores está a fazer sobre o paranormal e a mente humana. O filme começa a intensificar-se quando os jovens começam a questionarem-se sobre o porquê e os métodos que são utilizados nesta experiência levando a alguns conflitos.
Apesar de perceber muitas das críticas, posso dizer que até gostei do filme, só achando que não tem muito terror mas sim uma história bastante interessante que acho que pode encantar todos os que gostam de histórias paranormais. O filme faz lembrar por exemplo o The Conjuring, pelo estilo de filme e mesmo pela a época, criando assim expectativas pouco infundadas, pois são filmes com objectivos diferentes, mas que não deixam de se encontrar em algumas semelhanças. Por fim, cabe-me dizer que é um filme que entretêm na sua hora e meia mas que não aquece muito os corações de quem o vê deixando assim um vazio e sabor a pouco no final, que poderia ter sido resolvido com um pouco mais de terror visual.

Rate:6/10

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Especial 2000 views (Masters of Horror)


Mais um especial para celebrar os 2000 views deste blog e também uma celebração à arte do terror. Em primeiro lugar quero agradecer a todos que vêm e apoiam o blog e que muito ânimo me têm dado para continuar mesmo quando o tempo escasseia entre o trabalho, tendo menos tempo que desejava para me dedicar ao blog, mas com organização e paciência tudo é possível e aqui estamos a celebrar mais um marco deste blog.
O que vos trago nesta vez é um uma série de entrevistas com realizadores lendários do terror e que vão falar da sua experiência, de como imaginam os cenários e cenas mas também onde vão buscar a sua inspiração, dando dicas a todos que estejam interessados em lhes seguir as suas passadas.
Por fim o meu grande obrigado a todos e vou já pensar no próximo especial, que havemos de lá chegar, e no que vos vou trazer, continuando sempre a trabalhar neste blog com novas críticas a filmes recentes e a clássicos, aos grandes sucessos e aos fracassos, aos populares e aos menos conhecidos, com toda a clareza e honestidade que possa dar sobre cada um deles.


domingo, 9 de novembro de 2014

See No Evil 2


A sequela não desejada mas que poderá ter mais frutos no futuro do que a maior parte das pessoas possam querer. Este filme, ao contrário do que aconteceu com o primeiro, saiu directamente para DVD e não passou nos cinemas, sendo ainda muito cedo para perceber o lucro que o filme fará. Já em termos de críticas, tem tido mais opiniões positivas do que o primeiro mas sem o considerar se quer um bom filme.
A história apesar de ser uma continuação do filme anterior, não deixa de ter "vida" própria e não ser dependente do que aconteceu anteriormente. Neste segundo filme a acção passasse num hospital para onde é enviado Jacob que se pensa estar morto, onde um grupo de jovens faz uma festa de aniversário, criando assim um cenário perfeito para um slayer horror.
Foi preciso 8 anos para que este filme fosse feito e na minha opinião, penso que nem valeu a pena perderem tempo a fazer-lo, pois tal como o primeiro não traz nada de especial nem de novo, traz sim um filme de terror muito comercial e do mais previsível que existe, tendo diferente do primeiro só mesmo, a história claro mas também, a produção que é melhor que o primeiro o que pode dar a ilusão que seja melhor. Não há muito mais a dizer sobre o filme a não ser que quem viu o primeiro deverá, e que será normal, verem este mas quem ainda não se aventurou desta saga é melhor procurar outras com mais qualidade. Por fim poderei dizer que o mais provável é que existirá pelo menos mais um filme, pois tudo o que envolva pessoal da WWE traz sempre sucesso financeiro, seja ou não seja de qualidade.

Rate: 4/10

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

See No Evil


O filme que provou que apesar de na WWE se actuar muito, não faz dos seus "actores", bons actores num filme real. Apesar de não ter sido um sucesso de bilheteiras, ainda conseguiu quase o dobro do seu orçamento, sendo este o primeiro filme da WWE Studios e tendo uma sequela em 2014, mas isso não quer dizer que o público e a crítica tenham gostado do filme, principalmente por ser pouco original, previsível e sem grandes destaques na actuação.
O filme relata a história de um grupo de jovens que vão limpar uma casa abandonada para a tornar numa casa para sem abrigos. A acção começa quando descobrem que a casa afinal não está abandonada e encontram um psicopata que os quer matar, e neste caso lhes quer tirar os olhos, pois estes são o espelho da alma.
O filme chamou-me atenção na altura que saiu, pois eu era um grande fã da WWE e principalmente do Kane (Glenn Jacobs), o que me fez ficar empolgado com o filme e o querer ver logo que saiu. Mas depois, foi uma grande decepção pois o filme não é nada de especial nem de original, aliás existem partes que fazem lembra o Friday's 13th, principalmente a história de Jacob, o que tira logo a piada ao filme. O filme é uma hora e meia de fraco e previsível slayer horror, tendo só um toque interessante pela história no geral mas isto pode sempre empolgar os novos e menos experientes nestas andanças dos filmes de terror. 

Rate: 4/10