The way everyone can enjoy it!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

The Eyes Of My Mother


Um dos filmes independentes que criou mais sensação em 2016, misturando o artístico com o terror e com uma pitada de cultura portuguesa. O filme por não ser comercial teve uma bilheteira pequena, pois não estreou em muitos cinemas. As críticas ao filme têm sido positivas tendo inclusive ganho prémios em festivais de cinema, revistas e awards.
A história relata a vida de Francisca, uma rapariga que vive com os pais numa quinta, até que um dia um estranho lhes bate à porta e acaba por matar a sua mãe, deixando-a a viver só com o pai. Este episódio afectou bastante Francisca, tornando-a numa perturbada que faz com que não só aprisione o assassino da mãe como se torna apática e com problemas de sociabilidade graves.
O filme é bastante interessante e de certa maneira perturbador, mas isso é o que o faz ter encanto, uma história bem contada, infelizmente pequena, podendo ter mais uns minutos para criarem mais episódios com esta personagem peculiar. O filme peca também pelos poucos e simples diálogos e a ideia de tornar o filme "noir" pois tira o impacto de muitas das cenas mais chocantes e perturbadoras. Mas consegue recuperar com essas mesmas cenas, por estarem muito bem feitas, com a interligação entre personagens e a montagem gráfica que fazem ao filme para ter um aspecto artístico e limpo para ter um consumo geral de espectadores. O filme vale por si e consegue entrar nas nossas cabeças pelo fantástico trabalho de tornar este filme psicologicamente perturbador. 



Pontos Positivos:
- Personagens
- Multiculturalismo
- Gráfica
- Representação

Pontos Negativos:
- Imagem Preto e Branco
- Duração
- Lento/ Diálogos

Rate: 7/10