The way everyone can enjoy it!

quinta-feira, 16 de março de 2017

Frozen


Não, não é o famoso filme de animação da disney mas sim o filme de terror de 2010 do realizador Adam Green. O filme teve de bilheteira uns modestos 3 milhões de dólares, mas o filme também passou em poucas salas de cinema quer nos Estados Unidos quer internacionalmente. As críticas têm sido mistas, sendo que uns acham o filme interessante e diferente e outros mais do mesmo, não sendo considerado mau mas também nada de especial.
A história relata a viagem de um grupo de amigos à neve, tendo como objectivo passar o dia a fazer ski e a divertirem-se. Mas o tempo foi passando e quando o grupo se apercebeu, entraram no banco elevador para saírem dali, só que quando a viagem ia a meio o elevador pára e o grupo fica preso no meio da descida sem hipóteses de sair. A acção começa aquecer quando os jovens começam a entrar em pânico e a tentar de tudo para sair daquela situação com vida.
Este é daqueles filmes que foi quase esquecido, por primeiro, não ser comercial e não ter tido o destaque que merecia, mas também por ter saído um filme com um enorme sucesso com o mesmo nome, que dificulta a pesquisa deste filme. Mas falando do filme em concreto, o filme é interessante e é daqueles que consegue que uma ideia simples e banal se torne algo de qualidade. Claro que não é uma obra-prima, mas consegue o seu objectivo, que é entreter quem o vê durante um hora e meia com um terror psicológico e nos prende para percebermos se o grupo se consegue safar daquela situação, sendo que o filme é mais real do que parece, pois esta situação pode mesmo acontecer com os problemas e as consequências que aparecem no filme. Este é mais um filme para o lote de filmes que os fãs de terror não devem deixar de ver, sem esperarem algo especial mas sim um filme consistente e bem feito que entretêm quem o vê.


Pontos Positivos:
- Bom Thriller
- Terror Psicológico
- Representação

Pontos Negativos:
- História
- Imagem

Rate: 7/10

terça-feira, 7 de março de 2017

The Blair Witch Project


O filme que ajudou a instalar o estilo pseudo-documentário que foi um sucesso na década seguinte, trazendo este subgénero para o mainstream. O filme teve um enorme sucesso, tendo um orçamento de 60 mil dólares e uma bilheteira de 249 milhões de dólares. As críticas têm sido positivas, relevando a importância do filme para o género e também a criação da sensação de medo sem ter que mostrar o "inimigo", sendo esta última também a razão para algumas críticas negativas.
A história acompanha um grupo de jovens que decide fazer um documentário sobre a lenda da Blair Witch, viajando para a cidade de Burkittsville para entrevistar pessoas locais e tentar captar algum dos fenómenos que lhes foi relatado. As coisas complicam-se quando o grupo acampa na floresta onde tem acontecido os fenómenos e eles próprios são vitimas desses estranhos acontecimentos.
Este foi um filme que durante muito tempo quis ver, principalmente pelas criticas que via e pelo que ouvia dizer. Quando consegui ter acesso ao filme, as minhas expectativas eram altas e no final fiquei um pouco decepcionado, não porque o filme seja mau mas porque esperava outra coisa, senti que o filme ficou mal resolvido e que quando o climax da história chegou o filme acaba. O filme é bom e percebe-se a sua importância e o impacto que teve e continua a ter, sendo muitas vezes comparado com o Cannibal Holocaust pelo o facto de muitos terem pensado que o que aconteceu no filme, tinha acontecido mesmo na vida real, não percebendo que é apenas um filme, mas penso que falta uma pitada de qualquer coisa para estar ao nível dos melhores filmes de terror de sempre.



Pontos Positivos:
- Originalidade
- Representação
- História da lenda Blair Witch

Pontos Negativos:
- Lento
- Imagem
- Câmaras

Rate: 6.5/10

sexta-feira, 3 de março de 2017

Finders Keepers


Mais um filme com um boneco macabro e demoníaco que não traz nada de novo nem de especial à colecção de filmes com esta temática. Este é um filme feito exclusivamente para televisão, não passando em cinemas, sendo por isso que não há registos de bilheteira ou de lucro/prejuízo. O filme tem tido criticas mais negativas do que positivas, não tendo grande receptividade nem pelos fãs nem pelos críticos.
A história relata a vida de Alyson e da sua filha depois de se terem mudado para uma nova casa devido ao seu divórcio. Claire encontra uma boneca na sua nova casa e fica logo atraída por ela, começando aí os problemas e os estranhos acontecimentos que aparecem sempre à volta da menina e da sua boneca. A acção intensifica-se quando Alyson percebe que algo está mal e investiga a casa onde vive e a estranha boneca.
Este é daqueles filmes genéricos que assustam mais quem nunca viu ou pouco vê filmes de terror do que os fãs de terror, aliás a certa altura, quem já está habituado a este tipo de histórias começa a perceber e adivinhar para onde é que isto vai sem ser nunca surpreendido. Apesar da qualidade dos actores ser boa e ter Tobin Bell, Jaime Pressly e Patrick Muldoon, não salva a má qualidade da história e a sua previsibilidade, o que é pena pois a ideia era boa mas talvez se tivesse sido produzida 10 ou 20 anos antes teria outro impacto, em 2014 já não traz nada de novo nem especial ao género. Sendo um filme mais para coleccionadores ou para aqueles que gostam mesmo de filmes de bonecos demoníacos e os quer ver todos.   


Pontos Positivos:
- Representação
- Actores

Pontos Negativos:
- Genérico
- História
- Previsível

Rate: 5/10